Suspensão das atividades letivas

Na sequência da decisão do governo de suspender as atividades letivas e da qual demos conhecimento a todos, disponibilizamos as orientações no contexto do nosso Agrupamento; 

Assim e considerando que a suspensão das atividades letivas não implica a suspensão do trabalho pedagógico, docente e não docente, deixamos como orientações (que podem ser adequadas em função de turmas e grupos):

  • A escola sede mantém-se em funcionamento (09h00-17h30), estando disponível para acolher docentes e não docentes em pequenos grupos de trabalho, nomeadamente para utilização de recursos (salas de aula, biblioteca, sala tic, etc);

  • As escolas EB Sr.ª da Glória, Valverde e Vista Alegre encerram a partir da próxima 2ª feira;

  • Os  assistentes operacionais passam a integrar a escola em horário, preferencialmente, administrativo, 9h00 – 17h30, podendo, mediante autorização da responsável, funcionar em espelho ou horário contínuo;

  • O espaço ComTacto juntamente com titulares/diretores de turma irão identificar casos/situações que possam ser apoiados pela escola, nomeadamente, mediante a disponibilização de refeições (em regime takeway), alunos que necessitem utilizar a escola (biblioteca, sala TIC ou outros recursos);

  • Os centros de apoio à aprendizagem (Cruz da Picada e escola sede) mantém-se em funcionamento, devendo ser identificadas, pelos DEE envolvidos, as condições e as necessidades para esse efeito, nomeadamente refeições, assistentes operacionais e transportes;

  • Os apoios terapêuticos deverão manter-se sempre que necessário, adaptando-se às condições e circunstâncias;

  • Tal como aconteceu no primeiro confinamento, o AE irá assegurar a participação de educadores e docentes na escola de acolhimento (André de Resende), de 4 em 4 dias iremos destacar 2 educadoras, 2 docentes de 1º ciclo e 2 de 2º/3º e 2 suplentes; a V.P. E. Barbosa dará conta, por e-mail, dos selecionados;

  • As diferentes estruturas educativas (departamentos e/ou equipas, conselhos de turma) podem manter o seu funcionamento, (re)agendando, caso haja necessidade, o planeamento dos trabalhos;

  • As reuniões agendadas devem manter-se ainda que reprogramadas mediante entendimento entre os elementos envolvidos;

  • Devem, os titulares/diretores de turma, assegurar o planeamento e organização do que poderá vir a ser o E@D; neste contexto, deve-se privilegiar o planeamento do trabalho quer na actualização de dados relativamente a equipamentos, a possibilidade de acolhimentos de pequenos grupos para salas de trabalho ou no âmbito do plano B, de alunos abrangidos pelo DL 54/2018 e/ou institucionalizados.

Apelamos a que mantenham a atenção ao correio eletrónico que iremos utilizar privilegiadamente para informações e contacto.

De resto ficamos ao dispor para eventuais esclarecimentos ou informação adicional.

Cuidem-se e fiquem em casa