Autor
12 Janeiro

Abordagem não-verbal da comunicação em contexto escolar

Data de Início: 20 de JaneiroA definirLocalização: EBIM
Inscrições no PBX
Orador:

Autor
Prof. Dr. António R. Mira

Prof. Auxiliar (Departamento de Pedagogia e Educação)

Objetivos: – 1– Fazer uma abordagem da comunicação humana e retirar dela fundamentos para uma pedagogia da comunicação em Educação.

2- Interpretar a influência da comunicação humana sobre interações profissionais, na área da Educação.

3- Analisar as qualidades de uma mensagem verbal e de uma mensagem não-verbal eficazes com vista a uma boa competência comunicativa do agente educativo, tendo em conta a necessidade de harmonização entre a comunicação verbal e a comunicação não-verbal.

 

Autor
12 Janeiro

Educação Literária

Início: 20 de JaneiroA definirLocalização: EBIM
Inscrições no PBX
Oradores:

Autor
Dra. Ângela P. Balça

Professora Auxiliar (Departamento de Pedagogia e Educação)

 

Autor

Prof. Dr. Paulo L. Costa

Prof. Auxiliar (Departamento de Pedagogia e Educação)

Objetivos: Dilucidar o conceito de educação literária.

Discutir como a educação literária está presente nas Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar.

Analisar criticamente o domínio da educação literária nas metas curriculares do 1º CEB.

Autor
12 Janeiro

Ensino, Aprendizagem e Avaliação – Encontros de Formação

Data de Início: 25 Fev15:00Localização: EBIM
Inscrições no PBX
Oradores:

Autor
Prof. Elsa Barbosa, Prof. Inês Filipe, Prof. Isabel Afonso, Prof. Júlio Coincas, Prof. Maria Antónia Ferreira, Prof. Maria de Fátima Cavaca, Prof. Rosália Casanova.

Professores do Agrupamento de Escolas Manuel Ferreira Patrício

NOVAS DATAS – VER ANEXO

Objetivos:Promover e aprofundar o conhecimento curricular, didático e de avaliação dos professores;

Assegurar o sucesso educativo promovendo uma cultura de qualidade, exigência e responsabilidade na escola;

Favorecer a emergência de novas práticas pedagógicas ao nível dos professores potenciando os benefícios das tecnologias na renovação dos contextos de aprendizagem e eficiência do processo educativo; 

Refletir e debater as potencialidades das tecnologias no sucesso educativo.

Conhecer as características e potencialidades da tecnologia, enquanto facilitadora da comunicação e da aprendizagem;

 
Autor
12 Janeiro

Eu e os outros – Avançado

Data de Início: 4 de Março14.30/17Localização: BE-EBIM
Inscrições PBX/SP
Orador:

Autor
Paulo de Jesus

Técnico do SICAD

(Serviço de intervenção nos comportamentos aditivos e nas dependências)

Objetivos:

Cartaz desenhado com crianças e as suas diferenças de raças e estilos.Sensibilização dos professores para a importância de trabalhar, com a comunidade escolar, temáticas relacionadas com comportamentos de risco como o bullying, o consumo abusivo de substâncias e a sexualidade.

Pretende-se, ainda, envolver os professores do agrupamento na resolução de problemas relacionados com comportamentos de risco, bem como a sua mobilização para a dinamização do jogo em sala de aula.

 

Formador
10 Junho

Oficina de partilha pedagógica – Google Drive

Data: 7 de Outubro14:30h – 17h Localização: Auditório EBIMInscreve-te
Formador

Formador

Equipa TIC

Oficina de partilha pedagógica no âmbito da utilização do Google Drive.

Sample image

 “O Google Drive está onde quer que o utilizador esteja: na Web, em casa, no escritório e em viagem. Por isso, esteja onde estiver, as suas coisas estarão… logo ali … prontas para usar, prontas para partilhar.”

Autor
13 Maio

Intervenção na Área da Comunicação no Autismo

Data: 20 de Maio 201616:30h Localização: Sala EBIMInscreve-te
Formadoras:

Autor
Carmelinda Mota

Terapeuta da Fala

 

Autor

Paula Bravo

Terapeuta da Fala

O Autismo foi durante várias décadas considerado um distúrbio emocional decorrente duma perturbação precoce da relação mãe/criança. Tratava-se então duma criança com um potencial normal mas que criava uma “fortaleza” para se proteger do mundo hostil e agressivo. O tratamento indicado era a terapia psicanalítica, sendo a criança frequentemente retirada do seu ambiente familiar, favorecendo-se assim a institucionalização. Atualmente o Autismo é considerado uma perturbação do desenvolvimento de base neurobiológica que causa discrepâncias na forma como a informação é processada.